Apresentação

“É uma verdade universalmente reconhecida…” que primeiros posts são difíceis de escrever. Usualmente tem a função de ‘ocupar’ espaço até os posts importantes e ao mesmo tempo introduzir a temática principal do blog. Ser importante e inútil ao mesmo tempo é uma tarefa árdua. Talvez deva parar de filosofar sobre a função do mesmo e apresentar o motivo da existência do blog.

Como o nome, ‘Mulheres na História’, indica, o objetivo é apresentar a importância de distintas mulheres ao longo do processo histórico. A pretensão é de que seja um espaço colaborativo que permita o debate sobre a participação de mulheres em diferentes campos de atuação, tanto na luta feminista quanto em áreas profissionais e sociais.

O blog obviamente se classifica como um espaço de luta feminista, porém a contribuição pretendida ocorre através da abertura de espaço para o aprendizado e discussão sobre mulheres que excederam em seu campo de atuação, seja em estudos científicos ou lutas políticas para a emancipação das mulheres.

A diretriz principal do blog é de que a atuação feminina foi constantemente apagada da História, consequentemente do ensino da mesma. Com um foco educativo, os posts tem o objetivo de oferecer dados e análises sobre essas mulheres que são esquecidas entre as linhas dos livros didáticos. Se consideramos a educação fundamental, não é importante também ensinarmos a meninas e meninos de todas as idades a possibilidade de grandiosidade, independente do gênero?

A história que aprendemos na escola é a História do Homem Branco, principalmente descendente europeu. A proposta é poder oferecer um espaço onde o foco é outro, onde a história tanto nacional quanto mundial é vista por olhos diferentes. No caso, o foco se dará nas mulheres, porém sem nunca ignorar a influência que a raça, classe e opção sexual (e outras características) tiveram na atuação de cada uma delas

O blog terá duas vertentes principais: 1) posts bibliográficos que focam na história pessoal, como a escritora Toni Morrison, e 2) posts sobre a atuação feminina em momentos históricos específicos, como as mulheres no período colonial brasileiro. Poderá haver novos tipos de posts, como divulgação de eventos ou v, mas essa será a estrutura principal do blog.

A aspiração é que o blog seja um espaço coletivo que quem desejar contribuir, possa fazê-lo livremente. Porém inicialmente será administrado por mim, Lorena (hey!). Como não tenho formação em estudos feministas ou especialização em nenhuma dessas mulheres, estou suscetível a erros e mais do que aberta a correções e debates.

Acho que todos os pontos necessários para apresentação foram feitos, só posso finalizar com o pedido da participação ativa dos (esperados) futuros leitores. Se possível, comentem, contribuam e divulguem. História é feita coletivamente.

Imagem em destaque de Patrick M.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s