Garotas Adolescentes

Após um período de recesso (devido a férias muito bem aproveitadas), o blog está de volta! E para compensar o tempo perdido, o post de hoje se baseará em uma lista de feitos de garotas adolescentes que são pouco noticiados. O conjunto, obviamente, não contempla o total, na realidade foi feito simplesmente como uma resposta a ideia usual de que meninas jovens são monótonas e vazias. Esses são só alguns exemplos da falsidade de tal afirmação.

Lembra da famosa frase ‘Os ingleses estão vindo’? Então é falsa, mas ficaram conhecidas por causa da ação de Paul Revere, que cavalgou para informar a chegada dos britânicos a então colônia para tentar destruir a revolta que resultaria na independência americana. Um dos momentos mais icônicos da Revolução Americana talvez merecesse ter outro portador, Sybil Ludington, jovem de 16 anos que também a cavalo alertou os concidadãos para se preparem. Sabe qual a diferença entre os atos dos dois? Sybil percorreu quase o dobro do que seu compatriota, resultando em mais de 64 quilômetros baixo de forte chuva. Não querendo desmerecer o esforço de Revere, mas não seria justo reconhecer a coragem e esforço de Sybil igualmente?

Continuando na temática da guerra, temos o Regimento Antiaéreo 1077th da União Soviética, composto por adolescentes após o fim da escola principalmente. O grupo foi fundamental na defesa de Stalingrado contra os nazistas. Embora se tenha poucas informações sobre as participantes, se sabe que foram pouco preparadas e faltava munição. Sua resistência foi reconhecida até pelos adversários, que afirmaram “até tarde tivemos de lutar ‘tiro por tiro” contra 37 posições anti-aeronaves tripuladas por lutadoras tenazes”. A sua luta, reconhecida na História Oficial Soviética, contra os nazistas resistiu por dois sem apoio nenhum. O resultado da resistência foi o atraso das tropas invasoras, destruição ou danificação de 83 tanques e outros 15 veículos de infantaria, dispersou ou destruiu três batalhões de assalto e abateram 14 aeronaves.

Também politicamente elas tiveram significância por liderar movimentos que mudaram sociedades. Como as meninas que participara do Little Rock Nine, grupo de jovens negros que foram os primeiros alunos da escola integrada Little Rock Central High School no Arkansas em 1957. Imagina como seria estudar em uma escola onde a maioria te odeia, ameaçando e ofendendo constantemente? Carlotta LaNier, Elizabeth Eckford, Gloria Karlmark, Melba Beals, Minnijean Brown-Trickey, Thelma Mothershed-Wair sabem a realidade disso. Vale dizer que todas elas se foram na graduação, algumas delas continuram a estudar, conquistando assim mestrado ou doutorado, e foram reconhecida por diversas outras ações comunitárias. É possível apontar o vencedor facilmente entre elas e aqueles que tentaram fazê-las desistir.

E sabe por que foi possível? Por que Barbara Rose Johns liderou uma greve na sua escola em Virgínia em 1951 em busca de igualdade de educação. Aos 16 e com o apoio da NAACP, o caso de Bárbara chegou ao Supremo Tribunal, onde o caso Brown v. Board of Education teve como conclusão a determinação que a segregação das escolas entre brancos e negros era inconstitucional. Essa foi uma das maiores vitórias do movimento negro na década de 50. E eu diria que para a educação igualmente.

Esse foi, obviamente, um pequeno demonstrativo, porém já parece o suficiente para demonstrar que todas as críticas que adolescente são algo negativo (superficiais, burras ou o que for), como se um coletivo inteiro pudesse ser resumido em um adjetivo, pode morrer. De preferência sob os calçados de uma menina.

Fontes:

Lista

1077th Anti-Aircraft Regiment (Soviet Union)

Barbara Rose Johns

Carlotta Walls LaNier

Elizabeth Eckford

Gloria Ray Karlmark

Melba Pattillo Beals

Minnijean Brown-Trickey

Sybil Ludington

Thelma Mothershed-Wair 

 

Imagem em destaque de Anthony Catalano

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s